Páginas

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Whey Protein

 

Oooii gente!

Estou mais do que sumida, estou desaparecida, mas sempre que dá eu venho aqui né!!

Hoje decidi falar um pouquinho sobre o Whey Protein.

Vamos lá....

Whey Protein é a proteína do soro do leite extraída durante o processo de transformação do leite em queijo.

As principais vantagens de fazer o uso de Whey Protein, seriam:

Maior valor biológico (VB 100), enquanto outros alimentos como frango, peixe, ovos,etc possum VB de 70 a 88.
Outro fator importante é a alta concentração de Glutamina e BCAA, e quando comparada à outras fontes de proteína, ela é a que fornece mais aminoácidos essenciais para o corpo, sem a adição de colesterol e gordura.
Todos os tipos de atletas e pessoas que buscam o corpo perfeito, consomem Whey Protein em larga escala.
É o suplemento mais vendido em todo o mundo e não possui grandes efeitos colaterais.
É bem aceito, porque, quando tomado corretamente, dunciona mesmo.
Ele ainda ajuda na melhora da imunidade, não tem quase gordura e carboidrato.
Auxilia na recuperação, manutenção e crescimento muscular, Faz a reposição de aminoácidos essenciais.
Possui absorção rápida. 
É excelente como opções de lanches.

Quando tomar Whey Protein?

No pós-treino, eu acredito que seja essencial. E dependendo de cada caso, ainda pode ser associada a outros suplementos.

Outro momento seria ao acordar, pois estamos há horas em jejum, então aqui ele entra como uma opção inteligente para evitar catabolismo muscular.

Não entrarei em casos específicos, mas como um geralzão assim, eu poderia dizer que associando dextrose no whey do pós treino é interessante para quem busca hipertrofia muscular, já que o carboidrato ajuda no transporte de nutrientes para dentro das células, sejam as proteínas, creatinaBCAAs e glutamina. Graças ao pico de insulina causado pelo alto índice glicêmico desse carboidrato. Mas nada impede que você coma alimentos com a mesma propriedade, que seria causar esse pico de insulina, como os de alto IG.

Tipos de Whey Protein:

Whey Protein Concentrada:  Seria a opção mais barata desse suplemento, já que o custo para fabricar é mais barato. Aí daria 70 a 80% de proteínas, e o restante seriam divididos em carboidratos e gorduras. Mas, por outro lado, ele vai conter grandes quantidades de BCAAs, além da maior parte das frações peptídicas serem mantidas.

Whey Protein Isolada: A concentração de proteínas é muito maior se comparada a Whey Protein concentrada. O que resultaria em até  95% de proteínas. Algumas marcas a quantidade de carboidratos e gordura chega a ser zero. Ela entraria, perfeitamente, em dietas de restrição de calorias.

Whey Protein Hidrolisada:  Esse tipo é ainda melhor absorvido pelo organismo, pois além de passar por uma filtragem minucioso, ainda passa por um processo conhecido como hidrólise, onde é feita a quebra das cadeias proteicas em fragmentos menores de peptídeos.

É preciso, sempre, pesquisar antes de escolher a marca. Escolher marcas conhecidas, confiáveis, que tenham passado nos testes de qualidade.

Espero que tenham gostado. E assim que der volto com mais.

Sigam o IG @GabihKarasek

Beijos!!!