Páginas

segunda-feira, 18 de março de 2013

Alimentação e Amamentação

Bom Dia gente!!!


Hoje vim falar sobre a alimentação para quem está amamentando.

Antes vamos falar sobre os benefícios do aleitamento materno, pra quem ainda tem dúvidas se vale a pena ou não amamentar os filhotes:)

O melhor alimento para o bebê é o leite materno. Amamentar é essencial para o bem-estar e futuro do bebê. O ato de amamentar representa o momento em que a criança recebe o carinho da mãe com maior intensidade. Não é só matar a fome, mas o prazer de sugar o seio materno e estar em contato com a mãe.

A mãe também é muito beneficiada com a amamentação, pois perde menos sangue no pós-parto, devido à contração uterina provocada pela sucção do seio, sua barriga diminuirá mais depressa e seu peso voltará mais rápido ao normal.

A criança deve mamar em livre demanda, ou seja, a hora que quiser. Elas podem mamar irregularmente no começo, mas a maioria adquire um certo ritmo depois de uma ou duas semanas. Obrigar a criança a mamar em apenas determinadas horas interfere no aleitamento materno.

O Arroto


É importantíssimo, ao final de cada mamada, colocar o bebê para arrotar. Para isso, coloque o bebê em posição vertical, com a barriga encostada no corpo para que ele possa expulsar o ar que engoliu junto com o leite.
Alguns arrotam logo, mas outros podem demorar mais tempo para arrotar, é preciso ter paciência. Se ela não expulsar o ar engolido, não tem tanto problema, é só colocá-la deitada de lado que mais tarde ela expulsará o ar.

O ideal é que a criança seja alimentada exclusivamente no peito até completar seis meses de idade. Não há necessidade de dar água ou chá para a criança, pois podem prejudicar o aleitamento. Somente depois dos 6 meses é que deverão ser incluídos outros alimentos e bebidas, sempre com acompanhamento médico.

A higiene dos seios deve ser feita somente com água. Sabonetes ou outros produtos podem afetar a oleosidade natural dos mamilos. Você pode higienizar com algodão e água fria ao redor da auréola após cada mamada e deixar para lavar mesmo durante o banho.

A Produção do Leite


A produção do leite em grande escala começa de 24 a 48 horas depois que você deu a luz.
O primeiro leite a descer é o Colostro, que é mais viscoso, meio transparente e rico em proteínas. Ele é rico em anticorpos, fortificantes naturais para o sistema imunológico do bebê. E ao decorrer dos dias o leite materno vai se transformando para atender as necessidades do bebê.

E o que pode ou não comer quando se está amamentando???


Bom, essa questão da alimentação é muito pessoal. O importante é manter (ou adquirir) hábitos saudáveis.
Mantenha uma dieta rica em grãos e cereais integrais, frutas e verduras, alimentos que sejam boas fontes de proteínas, cálcio e ferro.
É bom consumir gorduras saudáveis como: azeite de oliva, castanhas, sementes e peixes.
E é bom evitar gorduras saturadas, como frituras, carnes gordas, manteigas em geral.

A fome que se sente enquanto amamentamos é uma coisa absurda, por isso deixo sempre ao lado da poltrona algum lanche e uma garrafa de água, pois a sede também é devastadora.

O consumo de água é fundamental para uma boa produção de leite e não se preocupe que é impossível esquecer de tomar água, com a sede que dá.

Alguns alimentos a Evitar:


Bom...isso vai muito de pessoa pra pessoa e de bebê pra bebê...vou listar alguns alimentos que, segundo algumas pessoas e livros, podem dar gases ou cólicas no bebê:
Couve, brócolis, couve-flor, feijão, chocolate preto, leite e derivados, refrigerantes, água gaseificada, produtos com cafeína em geral como café, coca-cola, chá verde e outros chás como mate, bebidas alcoólicas, repolho, cebola, alho, pimenta e alimentos condimentados, sucos de caixinha e comidas industrializadas, mamão, melãom comida japonesa, melancia.

Porque os bebês tem cólica?


Ainda não se sabe exatamente o que provoca a cólica. Muitas crianças apresentam e não importa o sexo do bebê. Uma das hipóteses mais fortes do real motivo delas aparecerem é a de que o sistema digestivo do bebê ainda é imaturo, o que faz a barriga doer em reação a algumas substâncias do leite materno ou artificial. As contrações intestinais ainda estariam desorganizadas. Pode ser também pelo sistema nervoso do bebê ainda não amadureceu e fica sensível demais ou o bebê sente dor pela dificuldade de expelir gases.


E sobre a comida?!!!

Como sou muito cagona no que diz respeito à dores no meu bebê, eu decidi, simplesmente, abolir da dieta alguns itens, mas confesso que sinto muita falta, como os derivados do leite, por exemplo.

Segundo a pediatra eu devo ingerir todos os alimentos, justamente para expor ele aos componentes e ver qual daria alguma reação negativa e aí sim abolir da dieta. Mas quem disse que eu consigo fazer isso?!
Estou há uma semana tentando tomar leite e ver o que acontece, mas sempre deixo pro dia seguinte por medo de ele sentir dor.

Gentee..um ps. Comi queijo minas no café da manhã de sábado e não senti diferença no meu baixinho :)
Maasss...senti que ele não ficou bem depois que comi sucrilhos (comi uma tigela enorme de sucrilhos puro).

Aí assim...tá, eu sou nutricionista, mas parece que fico burra pra esses assuntos no momento, e conversando com uma prima do marido que também é nutri, percebi que ando comendo muito carboidrato refinado e isso faz pra ele o mesmo que faz pra nós..fermenta e dá gases!

Como não pensei nisso antes???!! E porque como carbos brancos agora se na minha dieta de ¨atleta¨ de antes eu nunca comia?!?!
Será que esqueci como se come direito? Gente..fico besta comigo mesma..mas vamos melhorar isso JÁ!!! Mesmo pq estou em dieta e preciso voltar ao corpo certo?! E as celulites devem ir embora!!

Tá...voltando...hehe

Sem querer acabei comendo coisas que deram dores nele e vou listar pra vocês, pois foi experiência minha, mas pode valer de aviso para outras mães :)
Melancia, comida japonesa, mamão, cebola, suco de uva de caixinha e sucrilhos.

Estou tomando coragem pra comer algumas coisas que estão nas listas de possíveis causadores de cólicas ou gases no baby e farei sim. Só vou esperar passar esse primeiro mês que ainda é tudo muito novo pra ele e vou adicionando aos poucos alguns alimentos e testando.

Bom, decidi arrumar minha dieta e ela será assim:

Café da manhã:

2 fatias de pão integral +margarina + 1 fatia de peito de peru + 1 fatia de queijo minas + chá sem açúcar

Lanche da manhã:

2 porções de frutas (banana, pêra, ameixa, maçã, nectarina) + chá sem açúcar

Almoço:

carne grelhada magra + salada verde + carboidrato (legumes ou arroz parboilizado ou integral ou massa integral)

Lanche da tarde:

1 fatia de pão integral + margarina + peito de peru

Lanche da tarde 2:

Frutas e chá

Jantar:

Sopas OU o mesmo do almoço

Ceia:

Aqui geralmente como fruta, ou se tiver sopa tomo de novo. Algumas vezes como açaí com banana e granola :)

Mais uma observação...me falaram que tomar chá de camomila, erva-doce e funcho é bom para evitar cólicas nos babies..por isso estou me acabando de tomar cházinhos, sem açúcar, claro. E adoro!! Ah e tomo sempre antes de dar mamá pra ele ficar bem no leite hehe..

Ah outra coisa..vou testar o mingau essa semana e ver o que acontece :)

Bom gente..por enquanto é isso!! Vamos ver o que rola com essa alimentação!

Bjokass